Registre-se grátis

Uma atualização importante da Ve Global

Ve Global lançou uma subsidiária Brasileira. Encontre mais informação aqui.

Blog-test.jpg

Cinco maneiras de aumentar o sucesso de sua campanha de mídia programática

Com a previsão de que os gastos com publicidade digital cresçam 4,7% em 2018, segundo a WARC, as marcas precisam se concentrar em melhorar o desempenho de suas campanhas para superar a concorrência. Conforme as marcas alocam mais orçamento para publicidade, torna-se comum esperar que as campanhas tragam um retorno positivo do investimento. Entretanto, não é só o dinheiro que garante o sucesso da publicidade digital. As marcas precisam otimizar as campanhas para aproveitar ao máximo os seus investimentos.

Mas o que são resultados bem-sucedidos da publicidade digital? Isso depende de seu objetivo. Você quer estimular mais vendas diretas? Talvez deseje recuperar visitantes anteriores? Ou aumentar a consciência da marca? Sua resposta para "o que meu anúncio quer alcançar?" determinará a maneira como você mede o sucesso. A taxa de cliques (CTR) pode ser uma métrica útil, especialmente se você busca conversões de vendas. Pelo mesmo motivo, a taxa de conversões também é importante. Mas cliques e conversões não são a única indicação do sucesso de uma campanha. Se sua meta é fortalecer a consciência da marca, é igualmente importante gerar grandes volumes de impressões duradouras que vão inspirar seu público a usar sua marca em outro momento.

Qualquer que seja a métrica de sucesso escolhida, existem ações a seguir para otimizar suas campanhas e obter resultados melhores. As cinco dicas apresentadas a seguir são as nossas preferidas para otimizar campanhas de mídia programática e gerar mais cliques e criar impressões duradouras em seu público.

Segmentação

Vamos começar do início: quem você quer alcançar com seus anúncios? Uma etapa fundamental da publicidade digital bem-sucedida é desenvolver uma segmentação relevante e precisa que lhe permita chegar ao público que você busca, os seus clientes ideais. Os diferentes elementos a considerar na criação de um alvo para sua campanha display dependem dos dados aos quais você tem acesso, mas podem incluir:

  • Demografia – aalgumas subcategorias podem ser faixa etária, gênero, local, renda, estado civil, educação, etc.
  • Interesses – pode ser qualquer coisa, mesmo algo tão amplo como fazer compras. Você pode refinar os critérios para encontrar pessoas interessadas em compras para a casa, especificamente para a cozinha, criando um segmento muito mais delimitado.
  • Públicos parecidos – use o que conhece sobre seus clientes com os dados do site e de CRM para encontrar novos clientes potenciais com atributos semelhantes para fins de prospecção.
  • Dados second-party e third-party – Dados de parceiros (dados second-party) podem ser comprados para complementar dados próprios (dados first-party). Dados third-party são comprados de provedores externos.

Você pode criar seu público usando quantos filtros quiser, mas é claro que quanto mais refinado for o seu segmento, menor e mais limitado será o seu alcance. A chave é conseguir o equilíbrio certo entre a relevância e o tamanho do público para gerar um alcance significativo para seu anúncio.

No entanto, não basta escolher seu segmento, realizar a campanha e aguardar os resultados. O verdadeiro valor da segmentação vem da análise de resultados em tempo real para identificar quais elementos funcionam ou não e depois otimizá-los da forma adequada. Por exemplo, se algumas linhas de segmentação não estão funcionando, redirecione esse gasto para uma outra linha que esteja dando resultados.

Os atributos do público escolhido devem definir as suas escolhas estratégicas. Pense no grupo desejado e adapte os elementos da campanha a ele. Dessa forma, você reduz a probabilidade de criar "cegueira ao anúncio" (quando um público ignora, de forma consciente ou não, anúncios em banners), o que costuma ocorrer quando os anúncios são irrelevantes e não direcionados.

Anúncios gráficos

Na era do marketing orientado por dados, você poderia pensar que a criatividade não tem mais lugar na mídia programática. Na verdade, os anúncios gráficos que você usa em suas campanhas publicitárias visuais nunca perderam a importância. Usados adequadamente, podem ter imensa influência sobre como seu público reage ao conteúdo. Um anúncio criativo com um belo design pode fazer a diferença entre atrair e engajar seu público ou não causar qualquer impressão.

Seu anúncio gráfico, seja estático (imagem fixa) ou com rich media (animação ou vídeo), deve mostrar a sua marca, identidade visual, produto e personalidade. Use uma variedade de anúncios (não mostre sempre o mesmo anúncio várias vezes) e, o mais importante, seja consistente com a página de destino para onde deseja direcionar as pessoas. Um dos maiores erros que uma marca pode cometer é criar belos designs que não têm relação alguma com o que é anunciado. Isso pode criar confusão na jornada do cliente e afetar sua experiência geral.

Example display ad creative 1Example display ad creative 2

Ao preparar anúncios gráficos, experimente as variações usando testes A/B. O que funciona com um cliente ou grupo de clientes não necessariamente funcionará em outro caso. Para aumentar a chance de sucesso, teste alternativas para descobrir o que traz melhores resultados.

Mensagens

Mensagens funcionam de forma parecida com anúncios gráficos. Ao desenvolver mensagens e criar texto para seus anúncios, concentre-se no seu segmento, usando a linguagem e o tom de voz certos para causar impacto. E, mais uma vez: a chave para encontrar a mensagem certa é testá-la. O sucesso do anúncio não pode ser subjetivo. Por isso, você precisa confiar em seus dados para tomar as decisões certas.

Alguns caminhos diferentes que você pode seguir em suas mensagens incluem:

  • Criatividade e humor – use trocadilhos e referências espirituosas para atrair o público
  • Simplicidade – seja direto e apresente a mensagem com clareza
  • Prova – inclua avaliações e depoimentos de clientes existentes para induzir confiança
  • USPs – mencione o ponto de venda de seu produto/serviço que o torna único
  • Urgência – inclua prazos para criar uma sensação de demanda

Ao escolher o caminho de sua mensagem para cada anúncio, confirme se o texto está adequado ao anúncio gráfico. A experiência do usuário deve ser consistente para oferecer mais chances de gerar engajamento.

Chamada para ação (CTA)

Seu objetivo é prospecção ou redirecionamento (retargeting)? Tentar vender um produto ou apenas aumentar a consciência da sua marca? Sua chamada para ação deve ser personalizada para refletir o objetivo de sua campanha de publicidade digital. Ela é o link fundamental entre seu anúncio e seu site. Para isso, precisa ser atraente, relevante e desejável e fazer com que seu público queira clicar nela.

Shopomo Example Display Ad CTAPara campanhas de vendas, considere usar uma CTA mais forte e direta (por exemplo, compre agora, clique aqui). Para uma campanha de promoção da marca, pode ser algo mais sutil – tentador, mas não muito complicado. Afinal, independentemente de qual seja seu objetivo, você quer simplicidade para que seu público identifique a ação desejada.

Crie algumas variações de texto, cores (princípios de psicologia das cores mostram como as pessoas são afetadas por diferentes cores) e mesmo posicionamentos alternativos, onde possível. Teste e compare as variações para descobrir qual é a mais eficiente junto a cada um de seus segmentos antes de decidir a melhor combinação para sua campanha.

Timing

Todos nós já ouvimos que "o timing é tudo", e a publicidade digital não é uma exceção. Existem algumas considerações diferentes sobre como planejar sua publicidade digital.

  1. Hora do dia – a hora do dia em que você divulga seus anúncios é extremamente importante, e sua escolha depende de vários fatores. Você percebe alguma tendência quanto ao momento do engajamento? Por exemplo, na teoria há mais engajamento com anúncios de produtos B2B durante o horário comercial, enquanto que produtos B2C podem ter mais sucesso à noite e em fins de semana. Marcas de e-commerce, por outro lado, podem perceber maior engajamento em dias de pagamento, e marcas de viagem no meio da semana. Divida seu orçamento por vários momentos do dia e do mês para ver quais geram maior engajamento e depois faça ajustes nos gastos para maximizar seus investimentos.
  2. Frequência – a frequência dos anúncios determina a velocidade das impressões (quando os indivíduos veem seus anúncios). Para fins de prospecção, as impressões precisam estar espalhadas de modo uniforme. Não é indicado definir um limite de 10 impressões por usuário mas apresentar todas elas em 5 minutos. Elas precisam estar espalhadas para criar engajamento ao longo do tempo e impedir que os possíveis clientes sejam bombardeados por seus anúncios. Mostrar anúncios demais, rápido demais, pode ser irritante e causar cegueira aos anúncios. Encontre o equilíbrio ideal.
  3. Recência – relaciona-se à rapidez com que um anúncio é exibido depois da visita de um usuário ao seu site. Usado para fins de retargeting e reengajamento dos visitantes para levá-los de volta ao seu site. Conforme o tempo passa desde a visita inicial ao seu site, a frequência passa a ter importância e deve ser alterada de acordo com o engajamento atual do visitante com sua marca e seus anúncios.

Considere todos os elementos de timing para cada campanha e analise cada um deles continuamente.


O sucesso da publicidade digital é a soma de suas partes – e existem muitas delas. Para garantir que cada elemento de sua campanha programática acerte o alvo, não subestime a importância da otimização. Da segmentação ao timing e ao design, todas as decisões devem ser sustentadas por dados em tempo real que realmente maximizem orçamentos de publicidade e conquistem objetivos, sejam eles cliques, conversões ou impressões. A função de um Media Trader é a otimização de todos os elementos discutidos e é fundamental para aprimorar o desempenho.

Para marcas que desejem ainda mais benefícios com publicidade, elas também precisam garantir que a otimização continue no site, para criar uma jornada do cliente perfeita, desde a impressão do anúncio até as páginas de destino do site e o check-out. O sucesso da publicidade vai muito além do próprio anúncio e deve incluir toda a experiência digital para ter o máximo de impacto.

Descubra como a Ve aproveita uma combinação única de dados de intenção e dados de conversão para desenvolver campanhas de mídia programática e publicidade digital que despertam consciência, interesse e ação. Descubra como a Ve aproveita uma combinação única de dados de intenção e dados de conversão para desenvolver que despertam consciência, interesse e ação.

Retargeting, mídia programática, campañas de publicidad display, publicidad digital, publicidad programática, Publicidade programática, consciência da marca, prospecção

CLIENT'S STORY

How Vodafone

increased click through rates by 94% with product feed emails

Download now
Vodafone

Posted by Emily Atkinson

Emily is Content Marketing Manager at Ve Global.