Registre-se grátis

Uma atualização importante da Ve Global

Ve Global lançou uma subsidiária Brasileira. Encontre mais informação aqui.

Dos anos 2000 até os dias de hoje – O quanto mudou a experiência dos usuários nos websites?

Dos anos 2000 até os dias de hoje – O quanto mudou a experiência dos usuários nos websites?

Os websites mudaram muito nos últimos 20 anos graças à evolução da tecnologia e a mudança dos gostos do público. Esse último, principalmente, foi um dos principais fatores para grandes alterações nos sites das empresas, em busca de melhorar ainda mais a experiência dos usuários.

Por isso, vamos dar uma olhada nos nossos sites favoritos dos anos 2000, e analisar com os de 2016, para entender a diferença dos designs e elementos visuais. Perceba como alguns pontos específicos são determinantes para a jornada do usuário:

Amazon

2000

Dando uma olhada no site da Amazon dos anos 2000, pode ser um pouco difícil acreditar que a empresa cresceu tanto ao ponto de chegar a uma das dez companhias mais valiosas do mundo.

Como você pode ver abaixo, o site era feito de layouts com bases retangulares. Por mais que isso possa parecer arcaico para nós agora, na época foi um grande avanço estruturalmente nas páginas, se distanciando do HTML e permitindo aos designers dividir os textos dentro de colunas e barras – apesar de aumentar o tempo de carregamento do site. Outra característica é o domínio de texto.

amazon-1

2016

Hoje há um balanceamento entre imagem e texto – menos palavras e CTAs (Call to Action) substituídos por mais imagens de qualidade. Isso marca a grande diferença entre os dois modelos – abaixo podemos ver uma organização clara para o usuário. Conhecido como paradoxo da escolha, esse estilo de site mais antigo prejudica a experiência do usuário podendo levá-lo a abandonar o site.

amazon-2

Globo.com

2000

O site de notícias Globo.com percorreu um longo caminho desde os anos 2000. Como você pode ver abaixo, a página também é repleta de textos e informações, mostrando as chamadas das reportagens e conteúdos em mais de oito categorias. O logo está em um formato bom, mas há uma clara falta de espaço dentro dele e não há um CTA visível para conduzir o usuário ainda mais longe em sua jornada online.

globo-2000-1

2016

Dando uma olhada no site da Globo hoje é difícil encontrar similaridades com o modelo antigo. Há uma dominação de imagens no site e há muito mais espaço em branco, garantido que a página não pareça confusa ao usuário. O número de categorias também reduziu para uma navegação mais simples.

Como sociedade, nós aumentamos a expectativa de receber interações cada vez mais personalizadas, alguns até com a opção de ‘customizar a sua homepage’, onde os usuários podem escolher as categorias de notícias que são mais interessantes a eles.

globo-2

eBay

2000

De uma forma similar ao site da Globo, o eBay tinha um aglomerado na página inicial sobrecarregando o usuário. Embora seja repleto de imagens, são pequenas e de baixa qualidade, e ainda há a dominação do texto.

ebay-1

2016

Se olhar o site do eBay hoje, você conseguirá contar o número de palavras na página nos dedos. Substituindo elas, há muitas imagens – refletindo a importância da evolução da fotografia, assim como um engajamento maior das pessoas.

No site antigo, a barra do menu era utilizada, mas não de forma suspensa. Em contraste, hoje elas são totalmente responsivas e quando abertas, revelam uma série de categorias e links. A navegação nesses menus tornou-se uma das características mais comuns nos sites de eCommerce, permitindo parecer visualmente organizado, enquanto ainda proporciona uma navegação simples, clara e rápida.

ebay-2

Comparando os sites dos anos 2000 até 2016, as diferenças são imensas. Há 16 anos certamente não haviam descoberto grandes mudanças como hoje, mas graças ao avanço da tecnologia, isso serve de alerta. Por que? Esses elementos irão continuar mudando naturalmente com o tempo. Até 2032 os websites de hoje parecerão estranhos ao olhar do usuário, da mesma forma que os dos anos 2000 parecem hoje.

Por isso, esteja sempre atento às evoluções do mercado! Elas podem ajudar nas suas vendas, principalmente se você pretende oferecer um serviço cada vez melhor.

E-Commerce, Design & Ergonomics, Business Strategy, HubSpot, UX, Amazon, Ebay, experiência dos usuários, Globo.com, tecnologia

CLIENT'S STORY

How Vodafone

increased click through rates by 94% with product feed emails

Download now
Vodafone