Registre-se grátis

Uma atualização importante da Ve Global

Ve Global lançou uma subsidiaria Brasileira. Encontre mais informação aqui.

Remarketing, Retargeting e Mídia Programática: os três pilares na venda inteligente de imóveis

Remarketing, Retargeting e Mídia Programática: os três pilares na venda inteligente de imóveis

Atingir o VGV e recuperar a velocidade de vendas de imóveis se tornou um grande desafio, especialmente neste ano de conturbada situação econômica.

No texto anterior, falei sobre algumas estratégias para atrair e reter clientes neste contexto, porém, o que fazer para captar novos clientes, recuperar aqueles que abandonam seu site e convencê-los a fechar a compra?

Vou relembrar um número impressionante de um estudo divulgado pelo Google: Quase 90% dos clientes procuram imóveis pela internet e 59% já usam a internet como primeiro canal de busca.

Segundo Eduardo Sani, especialista no segmento imobiliário e fundador da Uselink, um cliente leva geralmente de 2 a 6 meses para decidir adquirir um novo imóvel. E de acordo com dados da Geoimóveis, no Brasil, só em 2015, existem 31 mil imóveis esperando por um dono.

Para que seu imóvel não corra o risco de ficar sem dono, ter retorno de investimento reduzido ou até mesmo gerar prejuízo, é preciso atingir seu público com precisão. Existem 3 pilares que tornam isso possível:  Remarketing, Retargeting e Mídia Programática. Ficou na dúvida? A Ve Interactive esclarece!

Saber segmentar, saber oferecer

A mídia tradicional ainda é fundamental para o seu mix de mídia e plano de marketing, mas quando falamos de estratégias digitais, devemos levar em conta a importância da segmentação. A mídia programática, diferente de outras mídias, caracteriza-se justamente pelo seu alto potencial de segmentação, já que neste modelo, o anunciante não paga por um espaço na mídia, mas sim pela audiência altamente segmentada, com filtros que vão desde classe social, sexo, profissão, região, hábitos de consumo, até intenção de compra.

Partindo deste poder de segmentação é muito mais eficiente e relevante gerar a captação de clientes novos, bem como o branding / construção de marca. Ainda de acordo com o estudo do Google, já na primeira busca online, quase 70% dos clientes buscam diretamente construtoras e verticais de imóveis que eles já conhecem previamente, enquanto apenas 25% das buscas são feitas através de buscadores.

Utilizando esta estratégia, você terá um alcance melhor entre as pessoas que estão realmente interessadas em adquirir um imóvel.

Remarketing: O que fazer se o cliente abandona meu site?

No artigo anterior falei sobre a importância e a relevância de reter e converter o cliente enquanto ele ainda está no site, mas é possível que mesmo assim ele abandone o site. Podem existir mil motivos: falta de tempo, fila de espera no atendimento online, navegabilidade, etc. No entanto, o fato de ele abandonar o site não quer dizer que você tenha perdido o jogo.

O remarketing é uma estratégia que visa recuperar estes clientes através de uma campanha personalizada, e não mais aleatória como acontecia no início do marketing digital no mercado imobiliário. Tratam-se de campanhas totalmente vinculadas à experiência online e o momento do abandono do cliente. Isso quer dizer que você pode mandar uma comunicação genérica, mas também pode fazer uma comunicação específica para o cliente que estava buscando o atendimento no chat, um cliente que abandonou numa página de produto, entre outros exemplos.

Uma boa campanha de remarketing permite criar filtros, regras e é totalmente focada na experiência online do cliente. Acredite, hoje já é possível enviar uma comunicação personalizada ainda que o cliente não finalize um cadastro, seja no chat ou qualquer outro formulário. No e-commerce, a diferença de retorno entre uma campanha personalizada e uma genérica chega até 80%.

Então por que não estabelecer uma comunicação com os clientes que realmente tenham interesse em comprar o seu imóvel?

Retargeting: seu imóvel, uma experiência “inesquecível”

A elevada taxa de abandono do site é um dos maiores desafios no mercado de imóveis. Imagine que sua empresa fez um grande investimento em publicidade e conseguiu milhares de visitantes, porém eles não compraram e nunca mais visitaram o site. Isso significa que boa parte do seu investimento foi embora, mas existem mecanismos para recuperar este investimento.

O retargeting trabalha com este intuito. Pesquisas indicam que um anúncio que utiliza esta estratégia tem dez vezes mais cliques que um banner comum. Segundo um estudo realizado pela Bizrate Insight, 85% dos consumidores que utilizam a internet são receptivos em relação a assuntos de retargeting.

Desta forma você impactará o seu cliente a fim de convencê-lo a voltar para o site e comprar aquele imóvel que chamou sua atenção inicialmente.

Mas como funciona? Bom, suponhamos que o cliente entre no seu site e procure um imóvel. E enquanto ele está escolhendo, por algum motivo, abandona a pesquisa e acessa outros sites. Quando o visitante está navegando em outros sites, mesmo que de assuntos não relacionados ao mercado imobiliário, o retargeting entra em ação. É exibido ao usuário um anúncio com o imóvel que ele visualizou.

Novamente, importa muito mais quem vai ser impactado do que onde impactar. Ainda assim, é possível criar filtros de locais que você não deseja impactar por meio da contextualização.

Esta é uma maneira de demostrar que a empresa está disposta a atendê-lo em qualquer momento, só basta dar um clique. Mas não é só isso. O consumidor terá a chance de visualizar outras opções muito parecidas com a que ele escolheu. Por exemplo, se ele estava à procura de um apartamento com dois quartos na zona sul de São Paulo, agora ele receberá anúncios de imóveis que reúnam estas caraterísticas.

No entanto, você não precisa se limitar aos banners. Pode também anunciar pelo YouTube ou até mesmo usar o TrueView, fazendo com que o seu público alvo veja o seu anúncio ao lado dos vídeos que costuma assistir, ou até mesmo antes de visualiza-los.

Retargeting é uma estratégia sensacional e muito utilizada hoje no e-commerce, mas ainda é pouco explorada no mercado imobiliário, representando uma grande oportunidade de aumento de receita através de leads mais qualificados e redução de custos.

Por fim, seja através mídia programática, remarketing, retargeting ou ações de retenção em tempo real, lembre-se que no final das contas estas ações além de gerarem leads e vendas adicionais, são ações que recuperam o investimento que você já fez, reduzindo na prática o seu custo de aquisição e otimizando todos os indicadores, de bounce rate a taxa de conversão.

Quer saber mais? Fale com a Ve Interactive e deixe nossos especialistas do segmento te auxiliarem nessa empreitada.

E-Commerce, Business Strategy, Customer Retention, HubSpot, Blog, Lead Generation

CLIENT'S STORY

How Vodafone

increased click through rates by 94% with product feed emails

Download now
Vodafone

Posted by Ve Global